(42) 3025 4242 (42) 9 9139 9890
Segunda a Sexta das 08h as 18h

Blog Ortoponta

ortoponta 23 de novembro de 2023

A escoliose é uma curvatura anormal da coluna vertebral que pode afetar crianças e adultos. Em crianças, a escoliose pode ser causada por fatores genéticos ou neuromusculares, como a paralisia cerebral, ou pode ocorrer sem uma causa clara. A escoliose idiopática é a forma mais comum de escoliose em crianças e pode ser progressiva, o que significa que a curvatura piora com o tempo se não for tratada.

Como identificar a escoliose em crianças?

A escoliose em crianças pode ser identificada através da observação da postura da criança, que pode inclinar-se para um lado ou ter um ombro mais alto do que o outro. Outros sintomas incluem uma linha da cintura desigual ou um quadril mais alto do que o outro. O diagnóstico é confirmado através de exames de imagem, como radiografias da coluna vertebral.

Os médicos geralmente examinam as crianças quanto à escoliose durante as consultas de rotina, e os pais devem informar o médico se notarem quaisquer sinais de escoliose em seus filhos.

 

Tratamento para escoliose em crianças

O tratamento para a escoliose em crianças depende da gravidade da curvatura e da idade da criança. Se a curvatura for leve, o médico pode recomendar exercícios de fisioterapia para fortalecer os músculos das costas e melhorar a postura. Em casos moderados, o uso de um colete pode ser necessário para prevenir que a curvatura piore.

Em casos mais graves, a cirurgia pode ser necessária para corrigir a curvatura da coluna vertebral. A cirurgia envolve a inserção de hastes e parafusos na coluna vertebral para endireitá-la. A cirurgia pode ate ser evitada se a escoliose for detectada precocemente e tratada de forma adequada, apesar disto ser uma opinião divergente.

 

Fisioterapia para escoliose em crianças

A fisioterapia é uma forma de tratamento não invasiva para a escoliose em crianças. Os exercícios são projetados para fortalecer os músculos das costas. Descubra abaixo alguns dos exercícios de fisioterapia mais comuns para o tratamento da escoliose em crianças:

  • Exercícios de correção de postura: Esses exercícios são focados em melhorar a postura da criança, o que pode ajudar a tentar reduzir a curvatura da coluna vertebral. Eles incluem exercícios de respiração e alongamento para alinhar a coluna vertebral.
  • Exercícios de fortalecimento muscular: A fisioterapia pode incluir exercícios que visam fortalecer os músculos das costas e do núcleo, o que pode ajudar a apoiar a coluna vertebral e melhorar a postura. Esses exercícios podem incluir flexões, pranchas e levantamentos de pernas.
  • Exercícios de mobilidade da coluna vertebral: Esses exercícios são projetados para melhorar a mobilidade da coluna vertebral, o que pode ajudar a reduzir a rigidez e a tensão nos músculos das costas. Eles podem incluir rotações da coluna vertebral e exercícios de extensão da coluna vertebral.
  • Treinamento de equilíbrio e propriocepção: O treinamento de equilíbrio e propriocepção pode ajudar a melhorar a consciência corporal da criança e a estabilidade, o que pode ajudar a prevenir quedas e lesões. Isso pode ser especialmente útil em crianças com escoliose que têm dificuldade em manter uma postura adequada.

Nos casos onde a curvatura ultrapassa os 40º a necessidade da correção com cirúrgica se faz necessária e a colocação dos implantes permite a correção da curva e sua estabilização.